Translate

segunda-feira, 26 de julho de 2010

A historia da cantora Beyonce

Beyoncé Giselle Knowles (Houston, 4 de Setembro de 1981) mais conhecida simplesmente como Beyoncé é uma cantora, dançarina, compositora, arranjadora vocal,produtora e atriz estadunidense, nascida e criada em Houston, no Texas. Cantora desde a infância, Beyoncé chegou à fama no ano de 1997 como vocalista do grupo feminino de R&BDestiny's Child, que já vendeu mais de 50 milhões de discos no mundo inteiro.

Durante a pausa do Destiny's Child, ela lançou em 2003 seu álbum de estreia, Dangerously in Love, o álbum gerou dois singles em primeiro lugar na Billboard Hot 100, teve um bom desempenho comercial e foi premiado com cinco Grammy Awards em 2004. Após o termino do grupo em 2005, ela lançou em 2006, B'Day, seu segundo álbum a estrear em primeiro lugar na Billboard 200. Seu terceiro álbum solo, I Am... Sasha Fierce, lançado em Novembro de 2008, também teve um desempenho comercial muito favorável, sendo certificado pela ABPD como disco de diamante.

Em 2010, Beyoncé se tornou a artista feminina que mais foi premiada em apenas uma edição do Grammy Awards, sendo premiada em seis categorias das dez em que estava concorrendo.[10] Com um total de 16 Grammy Awards (13 em carreira solo e 3 com o grupo Destiny's Child), ela é um dos artistas que mais foram premiados no Grammy Awards.

Sua carreira como atriz teve inicio em 2001, quando ela interpretou Carmen Brown, no filmeCarmen: A Hip Hopera. Beyoncé atuou em outros filmes como Austin Powers in Goldmember, Resistindo às Tentações, Dreamgirls e outros. Sua atuação no filmeDreamgirls, lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro, na categoria Melhor atriz em um filme, comédia ou musical.

Beyoncé já trabalhou para marcas como Pepsi, Tommy Hilfiger, Armani e L'Oréal, ela lançou junto com sua família uma linha de roupas chamada, House of Deréon, em 2004. No ano de 2009, a revista Forbes a elegeu como a cantora mais rica do mundo com menos de 30 anos de idade, por ela arrecadar mais de 87 milhões de dólares no período de 2008 a 2009.

Até o momento, Beyoncé possui cinco singles em primeiro lugar na Billboard Hot 100,em sua carreira solo já vendeu mais de 25 milhões de discos mundialmente. De acordo com a Sony Music, se juntar as vendas de discos de Beyoncé e do Destiny's Child, o resultado ira ultrapassar mais de 100 milhões de discos vendidos. A revista Billboard, colocou Beyoncé em 4º lugar na lista dos melhores artistas da década de 2000, sendo que ela é a primeira artista feminina dessa lista.[19] Em Fevereiro de 2010, a RIAA listou Beyoncé como a artista com mais certificações da década.


Vida antes da fama


Beyoncé nasceu em Houston, Texas, ela é filha de Mathew Knowles, um executivo musical e empresário, e Tina Knowles, uma figurinista e estilista de cabelo. Seu pai é um afro-americano e sua mãe é descendente de crioulo. Ela foi batizada com o nome de solteira de sua mãe, como uma homenagem a ela. Sua irmã Solange, também é uma cantora e atriz americana.

Ela foi educada na escola St. Mary's Elementary School, no Texas, onde ela se matriculou em aulas de dança, incluindo balé e jazz, foi o seu professor de dança que descobriu a sua vocação para a música. Seu interesse musical aconteceu aos 7 anos de idade, quando ela participou e venceu o seu primeiro show de talentos, cantando a música "Imagine", de John Lennon. A jovem cantora foi ganhando notoriedade, tanto que chegou a ser citada no jornal, Houston Chronicle, como candidata da região para prêmio de artes The Sammy.

Em 1990, ela foi matriculada na escola de música Parker Elementary School, onde ela cantava com o coral da escola. Ela também estudou na escola High School for the Performing and Visual Arts e depois passou a estudar na escola Alief Elsik High School, ambas em Houston. Beyoncé foi solista no coro da igreja St. John's United Methodist Church. Com 9 anos de idade, ela conheceu LaTavia, em uma audição para um grupo feminino. Mais tarde, as jovens cantoras se juntaram e formaram o grupo feminino Girl's Tyme, que era formado por seis garotas, entre elas Kelly, LeToya e LaTavia.

O produtor de R&B, Arne Frager, depois de ver o desempenho das jovens cantoras, ele as convidou para gravar em seu estúdio, o The Plant Recording Studios, no norte da califórnia. O grupo estreou no Star Search, um respeitado show de talentos da televisão americana, no entanto, a apresentação acabou se tornando o seu primeiro fracasso de sua carreira.

Para gerenciar o grupo, seu pai Mathew, que na época era um vendedor de equipamentos médicos, deixou o seu emprego em 1995. Depois que seu pai saiu de seu emprego, o rendimento financeiro de sua família diminuiu, forçando seus país a viverem em apartamentos separados. Em 1995, com o fim do Girl's Tyme, o Destiny's Child, assina contrato com a gravadora Elektra Records, mas acaba saindo da gravadora antes de lançar um álbum de estreia. Em 1996, o grupo assinou contrato com a gravadora Columbia Records, em 1998, o grupo se destacou com a sua primeira música de trabalho, "No, No, No Part 2", que alcançou o Top 10 nos Estados Unidos.

Vida pessoal

Ela admitiu em Dezembro de 2006, que durante as brigas judiciais envolvendo o Destiny's Child em 2000,[32] que ela sofreu de depressãodevido as brigas judiciais de LeToya Luckett e LaTavia Roberson contra Mathew Knowles, seu pai, ela também afirmou que foi publicamente atacada pela mídia, por críticos e blogs para causar mais confusão.[33] Nesse mesmo período, seu namoro de sete anos havia acabado, o namoro começou quando ela tinha 12 anos e terminou quando ela tinha 19 anos.[34]

A depressão foi tão grave que já durava dois anos, enquanto ela se mantinha em seu quarto durante dias e se recusando a comer qualquer coisa.[34] Beyoncé disse que não se esforçou para falar sobre a sua depressão, pois o Destiny's Child tinham acabado de ganhar seu primeiro Grammy Award e temia que ninguém a levasse a sério.[35] Todos esses eventos fizeram ela se perguntar a onde estavam os seus amigos, descrevendo a situação, ela disse:

Cquote1.svgAgora que eu sou famosa, estou com medo de não encontrar ninguém para me amar, eu estava com medo de fazer novos amigos.Cquote2.svg
Beyoncé falando sobre a sua depressão.[34]

Para ajudar a curar a sua depressão, ela se lembra de sua mãe lhe dizendo: "Porque você acha que nenhuma pessoa vai te amar? Você esqueceu que você é tão linda, inteligente e doce?"[34]

Carreira artística


1997 — 2001: Destiny's Child

O grupo Girl's Tyme mudou seu nome para Destiny's Child em 1993, com base em uma passagem no Livro de Isaías.[30] Após alguns anos na estrada se apresentando em eventos locais, o grupo assinou um contrato com a Columbia Records em 1996. Um ano depois, o grupo gravou sua primeira música na gravadora, "Killing Time", para a trilha sonora do filme Men in Black.[30] Antes de seu primeiro álbum ser lançado, o grupo abriu alguns shows para o TLC.[23] Em 1998, o grupo lançou seu álbum de estreia auto-intitulado, Destiny's Child, o álbum teve um desempenho comercial favorável, vendendo nos Estados Unidos mais de 1 milhão de cópias.[41] Nesse mesmo ano o grupo foi premiado com três Soul Train Lady of Soul Awards.[30] O segundo álbum do grupo, The Writing's on the Wall, foi lançado em 1999 e teve dois hits em primeiro lugar nos Estados Unidos, "Bills, Bills, Bills" e "Say My Name".[23] No Grammy Awards de 2001, a música "Say My Name" venceu duas categorias da premiação.[30]

Em 2000, Beyoncé anunciou no programa TRL, que os membros originais do Destiny's Child, LaTavia e LeToya tinha deixado do grupo, ovideoclipe da música "Say My Name", confirmou a saída delas com dois novos integrantes, Michelle e Farrah.[25] A saída de LaTavia e LeToya do grupo, gerou um processo judicial das duas contra Mathew Knowles,[30] elas alegaram ter descoberto a sua demissão somente depois de ver o videoclipe de "Say My Name", o processo foi arquivado e resolvido fora dos tribunais.[25] Cinco meses depois de entrar no grupo Farrah foi demitida, Beyoncé explicou a sua demissão dizendo:

Cquote1.svgEla não veio trabalhar durante duas semanas, ela não podia lidar com isso, sendo assim, ela tinha que ir.Cquote2.svg
Beyoncé explica demissão deFarrah.[41]


Após a saída de Farrah do grupo, o trio gravou em 2000, a música "Independent Women Part I" para a trilha sonora do filme Charlie's Angels, a música permaneceu em primeiro lugar na Billboard Hot 100 por 11 semanas consecutivas.[25]

Em 2001, Survivor, o terceiro álbum do grupo foi lançado, o grupo afirmou que as músicas desse álbum eram destinadas a eles.[30] O álbum estreou em primeiro lugar na Billboard 200 com 663.000 cópias vendidas,[42] mundialmente o álbum vendeu mais de 10 milhões de cópias, nos Estados Unidos vendeu mais de 4 milhões de cópias.[43]

O álbum, Survivor, teve um single em primeiro lugar na Billboard Hot 100, "Bootylicious", foi o únicosingle desse álbum a alcançar a primeira posição nos Estados Unidos.[44] Em Outubro de 2001, o grupo lançou sem primeiro álbum natalino, 8 Days of Christmas.[45]

Em 2002, o grupo foi indicado a duas categorias do Grammy Awards, vencendo apenas a categoriaBest R&B Performance by a Duo or Group with Vocals com a música "Survivor".[46] Em Maio de 2002, o segundo álbum de remixes do grupo, This Is the Remix, foi lançado.[47] Logo em seguida o Destiny's Child teve uma pausa para dar inicio aos projetos individuais dos integrantes do grupo.[30]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale que eu irei lê.

Ocorreu um erro neste gadget